21.11.08
verdade
mentira
mal
dita

dito
perd-ido
ficado
inter
dito

eu:
mentira.
di to
mal
dita
do

Marcadores: , ,

 
posted by rafael at 23:59 | Permalink |


2 Comments:


At 22 novembro, 2008 11:09, OpenID poetriz

Nem mesmo o fim é "pra sempre"...

Bjs!

 

At 30 janeiro, 2009 12:32, Blogger michelle cunha

feito cazuza, mentiras sinceras me interessam e verdades poeticas nunca serão demais!

gostei muito do q li aqui, achei teu link no obvius, mas pretendo nao mais perde-lo, seria um disperdicio nao vir colher teus escritos.

aguardo uma visita, se vc poder
michelle-cunha.blogspot.com

abrços

 


|