16.1.07
amo-te
Amo-te como quem observa o mar
que não vê nada além da água
mas maravilha-se na imensidão do horizonte

Amo-te como uma metáfora
sintaticamente uma definição
semanticamente muitos significados

Amo-te como um sorriso
nascido num gesto, palavra, momento
aquecido pela lembrança, alimentado na esperança

Amo-te como quem ama
que deseja
que espera
que se perde
e se reconhece apenas no ato de amar-te.

Marcadores:

 
posted by rafael at 18:13 | Permalink |


4 Comments:


At 16 janeiro, 2007 19:36, Anonymous Anônimo

Que Lindooo!!!!!
Bjuusss
Juliana

 

At 16 janeiro, 2007 19:36, Anonymous Anônimo

Que Lindooo!!!!!
Bjuusss
Juliana

 

At 17 janeiro, 2007 04:33, Blogger Allan

Isso é bem hegeliano... E também lembra muito as aulas sobre Lacan na universidade... Gostei!

 

At 18 janeiro, 2007 02:45, Anonymous Mariana

Mto lindo, mas ás vezes parece distante demais... na verdade acho q o problema é o direcionamento do amor.
bjão
mariana santana

 


|