21.12.06
quero ser um idiota
Estava eu conversando com um amigo sobre as dificuldades da vida amorosa, não as de manter uma, mas as de iniciar alguma. E numa dada altura da conversa, ele me dizia estar sentindo-se um "idiota" após ter tomado uma determinada atitude com fins de manifestar o seu sentimento para a menina.

"Idiota". Disse para ele ser normal tal sensação quando resolvemos declarar nossos sentimentos para alguém. E não falei isso apenas tentando consolá-lo. De fato, quando estamos apaixonados, agimos como completos idiotas.

"Idiota". Por que somos chamados assim quando estamos amando? Pelo de fato de agirmos como crianças ao não pensar racionalmente e ser movido apenas pelo impulso de demonstrar nosso afeto? Porque colocamos em cada objeto e momentos, gestos e palavras, um significado especial? Porque a vida passa a ser feita de momentos especiais e não mais uma monotonia insuportável? Por conseguir elogiar mais, cantar mais, perceber mais, sorrir mais?

"Idiota" sim, porque quem ama coloca em risco a pseudo-segurança em que pensamos viver quando nos isolamos de tudo e todos, coloca em risco o nosso senso de auto-suficiência, coloca em risco aquilo que entendemos como liberdade. Por tudo isso é melhor considerar quem ama desse modo, pois quando rebaixamos algo ou alguém, a ameaça trazida também parece menor.

"Idiota". Justamente por estar fora dos padrões, por ter outras preocupações, outras motivações, outro sentido de ver e viver a vida. Por isso é incompreendido, rechaçado, piegas, ultrapassado.... é solitário como todos aqueles que amam e não são amados.

"Idiota". Pudera eu assim ser chamado. Mas é preciso ser corajoso para isso, pois é preferível levantar uma couraça defensiva ao invés de desarmar-se e revelar como somos ingênuos e infantis tal qual os idiotas que amam.

Marcadores: , ,

 
posted by rafael at 20:38 | Permalink |


5 Comments:


At 21 dezembro, 2006 23:10, Anonymous mateus

iai rafael

bom conselhero uc ein

(y)

abraço kra tée +

 

At 22 dezembro, 2006 00:48, Anonymous Mariana

Tbm quero ser tachada de idiota, se essa for uma das maneiras de ser feliz!
bjs

 

At 23 dezembro, 2006 13:39, Blogger Toni Melo

opa.. ó mais um aki..rsrsrs

 

At 24 dezembro, 2006 13:37, Blogger Renata Shizue

Hehêêeee...Li agora teu post.
Eteeeerno conflito santaniano. Eu acho graça, fui idiota e mais, palhaça a vida toda. É, dá trabalho. Mas to com a Mari e com o Toninho: vamos todos ser idiotas!

 

At 11 janeiro, 2007 02:11, Anonymous LARI LIMA

eu tbm qro ser um idiota...mais ta dificil...

VAMOS DECLARAR....SOMOS IDIOTAS!!!

Rafa... vc eh um grandi amigo...

BJINHUSSSSSS

 


|