6.7.05
joguemos fora os relógios
É incrível como não sabemos lidar com o tempo. Estava me perguntando se antes da invenção da primeira forma de conta-lo, o ser humano vivia nesse luta entre cuidar de si ou dar contar do tempo. E me parece que nos últimos séculos estamos mais preocupados com o último.

Não quero me aventurar, como fez Santo Agostinho, a buscar uma explicação sobre o que seja o tempo (mesmo porque não tenho cacife e muito menos "tempo" para isso). Talvez o máximo que eu consiga fazer, é relatar a minha luta contra esse talvez inimigo. E de antemão confesso: sempre perco a batalha.

Aqueles que me conhecem devem se perguntar como eu consigo organizar o tempo que tenho para fazer todas as coisas que faço. E aqui respondo: eu não consigo. Para fazer tudo a que me propus, no mesmo espaço de tempo que todos temos para viver diariamente, precisei abrir mão de algumas coisas. E dentre as elas, a de viver.

Tempo para viver. Acho que nessa frase está o segredo para saber como ser amigo do tempo. Viver para o tempo. Talvez essa inversão tenha nos prejudicado e muito.

A moda agora é viver para o tempo. Sou adepto disso. Fecho os olhos para o futuro que desejo, porque tenho medo do tempo que levará para alcança-lo. Medo do tempo que levará.....preciso pensar um pouco sobre paciência.

Queria descobrir o que é tempo para viver. E tenho a impressão que preciso olhar algumas fotos. Fotos de quando eu era criança. Sim. Quando eu era criança o tempo era para viver!! Era tempo para brincar!! Agora eu lembro, não usava relógio, não pensava no tempo em tinha para brincar, simplesmente brincava.

Mas hoje, na minha idade, ninguém mais brinca. É tudo muito sério. Todos usam relógio e torcem para que os ponteiros andem rápido. Ou então torcem para que o relógio pare, para que se consiga fazer tudo o que se tem para fazer.

O tempo é para viver. O relógio é para escravizar o tempo, e a vida.

Marcadores:

 
posted by rafael at 12:35 | Permalink |


3 Comments:


At 09 julho, 2005 11:15, Blogger Juliana

Na mitologia não tem uma histótia sobre o tempo?... não me lembro bem, mas sei que teve quem venceu aquele que era tido como " comedor de seus filhos" Chronos. Não foi Zeus q o derrotou..bem a história é longa e não vou arriscar escrever. Mas sabe Rafa, na biblia já encontramos esta história toda em Eclesiastes.. existe tempo para todas as coisas, lembra?.. e devemos saber colocar as prioridades em nossa vida, acho q qnd assim fazemos o tempo sempre é suficiente. Qnt ao futuro, quem não o teme? talvez se vivessemos o presente a toda intensidade, o futuro seria uma mera consequência daquilo q realizamos agora. Vai um chavão: O futuro a Deus pertence.
bjus

 

At 15 julho, 2005 12:41, Anonymous Véri

Tempo... tive q correr mto contra ele nestes últimos meses, mas graças a Deus consegui terminar tudo o q me propus a fazer, deixei de viver mto, mas Glória a Deus, creio q frutos bons virão... tenho mtas bençãos para contar, mas deixa pra outro dia!
bju, to com saudades das nossas conversas virtuais.

 

At 16 julho, 2005 23:39, Anonymous Mariana

Sobre o tempo... sei lá! Nunca me dei bem com ele, é pior q criança, odeio qundo ele para qdo não deve, ou corre e não para, não me obedece. Mas tudo bem, deixa estar.

 


|