21.1.08
cansei das palavras
As palavras dizem algo para quem as lê, não para quem as escreve. O universo construído pela união das muitas palavras ou o sentimento expresso por uma única, para o leitor pode ser imenso, mas para o escritor não dizem nada. Entre o escritor e a palavra há sempre um mal entendido: ou a palavra fala de menos ou fala de mais. Nunca na medida exata, nunca o realmente sentido, nunca o pensado. A palavra é limitada, é caolha, é mentirosa seja quando inventa ou omite. A palavra mente pois não diz nada do desejo escritor. Deturpa, dissimula, aumenta, diminui. Por isso escrever dói. É uma criação desejada de formas indesejadas.

Cansei da palavra.
Quero corpo.
 
posted by rafael at 23:11 | Permalink |


6 Comments:


At 22 janeiro, 2008 13:10, Anonymous Fabio

Concordo contigo. Chega uma hora em que as palavras são inúteis e não têm mais o poder de exprimir o que queremos dizer ou o que sentimos. Nessa hora, apenas um olhar ou um sorriso (ou mesmo um corpo) para extravasar todo o sentimento contido dentro da gente.

Grande abraço!

 

At 22 janeiro, 2008 13:51, Blogger Leticia

Já dizia Pessoa :"O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm."

Querido ainda não recebi teu currículo , o que aconteceu ?!
Tem um convite pra você no meu blog, bjks.

 

At 22 janeiro, 2008 23:51, Anonymous Daah

Uau, de certa forma estou contigo.
Texto excelente... muito bom mesmo.

 

At 23 janeiro, 2008 18:33, Blogger Renne Boz

Sim, as palavras, muitas vezes são dissimuladas e não revelam por inteiro o que queremos descobrir. O silêncio o faz muito mais e muito melhor! Tb quero corpo!
Um beijinho

 

At 25 janeiro, 2008 22:17, Blogger Flavia

Tb ando cansada de palavras...

 


|