19.10.05
saber que nada sabe é saber que se é nada?!?!?
Todos acham muito bela a frase de Sócrates "Só sei que nada sei" que na verdade não é bem assim (mas isso não vem ao caso). Gostaria de saber quantos já sentiram na pele a verdade dessa expressão....

Nesse semana estou participando de um congresso de filosofia. Um encontro que reúne estudiosos de várias partes da América do Sul. É tudo muito bom até as palestras começarem. Não porque as palestras são ruíns, mas justamente o contrário: elas são tão boas que fazem eu me sentir um nada....

E logo eu que gosto de parecer tão inteligente, o sabe tudo, o estudioso e dominador dos assuntos que estão no top das discussões. AAAAAAAHHHHHHHHHH!!!!!! Como é horrível essa sensação. E ainda existem pessoas que acham estar abafando ao repetirem Sócrates....

Mas é claro que não é necessário ouvir grandes acadêmicos para se descobrir um nada. Muitas vezes nem eles sabem muitas coisas. Eu acho que as pessoas inteligentes desse mundo são as crianças. É. Porque a inteligência dos acadêmicos está na qualidade de repetir aquilo que já foi dito por alguém. Mas a intelgência das crianças está em mobilizar um mundo inteiro para cuidar delas. Qual é o acadêmico capaz disso? Mobilizar o mundo não está ao alcance das palavras, mas está nas mãos daqueles que são frágeis e conquistam pelo olhar....

Lutero dizia que Deus criou o mundo do nada, e Ele só faria algo do humano quando esse fosse um nada. Sócrates dizia que podemos saber apenas uma coisa: que nada sabemos. Eu digo: devemos ser crianças porque a sabedoria não está em saber que nada sabe e muito menos em saber que se é nada; mas está em deixar-se ser criança, pois é a fragilidade que conquista o amor e de lambuja a sabedoria....

Marcadores: ,

 
posted by rafael at 21:28 | Permalink |


2 Comments:


At 20 outubro, 2005 08:13, Anonymous Kery

Adorei esse seu post, e quer saber, entendo bem o que quer dizer sobre a frase de sócrates. Mas meu querido, vc diz que ao ouvir as palestrs, muitas vezes sente-se um nada, será que não seria melhor sentir -se um TUDO, já de segundo em segundo que participa desse evento, está se modificando e crescendo para melhor? Acho que isso é TUDO! beijinho

 

At 03 novembro, 2005 15:46, Anonymous René

sentir-se tudo...
é isso que me faz ter nojo de certos intelectuais.. espero que tu nunca seja assim Rafa :)... que tu seja sempre como uma criança...que é difícil no mundo de hoje, mas não é impossível :)
beijãoo!!!

 


|